Notícias

Candidato à prefeitura de São José dos Campos sofre suposto atentado; caso é investigado

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 25/10/2020 • 22:16 - Atualizado em 25/10/2020 • 22:41
Carro do candidato à prefeitura de São José dos Campos, no interior de São Paulo
Carro do candidato à prefeitura de São José dos Campos, no interior de São Paulo
Divulgação

Em São Paulo, a Polícia Civil investiga um suposto atentado cometido contra Anderson Senna, candidato do PSL à Prefeitura de São José dos Campos. No último sábado (25), o veículo em que o político estava foi alvejado por dois homens em uma moto na Estrada do Varadouro, em Jacareí. 

Anderson Senna voltava sozinho de uma reunião com amigos quando foi surpreendido por 5 disparos na porta do lado do motorista e no para-brisa do carro. Segundo o boletim de ocorrência, registrado pelo próprio candidato, ele não sofria ameaças de morte, apenas algumas represálias de pessoas e partidos contrários.

O documento diz ainda que há cerca de duas semanas um amigo e apoiador de Anderson sofreu o mesmo atentado, mas conseguiu escapar. O caso do político foi registrado na Delegacia Seccional de Jacareí.

Em nota, a assessoria do político disse que ele não se feriu e está em casa onde passa por acompanhamento psicológico e jurídico. Já a Coligação São José Acima de Tudo, formada pelos partidos PSL e Patriota, da qual o candidato faz parte, lamentou o ocorrido e disse confiar nas investigações. As informações são de Guilherme Oliveira, da Rádio Bandeirantes.

  • candidato
  • prefeitura
  • São José dos Campos