Notícias

Falta de merenda afeta 20 mil alunos do ensino municipal de SP

A Rádio Bandeirantes apurou que 121 unidades de ensino de todas as regiões da capital registram escassez de alimentos há dois meses

Lucas Jozino 08/12/2021 • 08:50 - Atualizado em 08/12/2021 • 10:16

Pelo menos 20 mil alunos da rede municipal de ensino da cidade de São Paulo estão sendo prejudicados pela falta de merenda. A Rádio Bandeirantes apurou que 121 unidades de ensino de todas as regiões da capital registram escassez de alimentos há dois meses. 

A reportagem teve acesso a imagens gravadas por funcionários e pais de alunos que mostram geladeiras vazias.

Professores e diretores relataram que, em alguns dias, precisam gastar do próprio bolso para comprar alimentos ou se veem obrigados a dispensar as crianças das unidades pela falta da merenda. Alguns dos servidores responsáveis pela merenda não receberam a primeira parcela do 13ª salário, e farão uma paralisação.

Em nota à Rádio Bandeirantes, a prefeitura culpou a empresa Singular, contratada para cuidar do abastecimento das escolas em que há problemas. Ainda segundo a administração municipal, “o processo de rescisão contratual está em andamento e todas as providências jurídicas e administrativas estão sendo tomadas”.

A prefeitura finaliza a nota dizendo que “a empresa será multada por não cumprir as cláusulas contratuais e está sujeita a ficar impedida de participar de novas licitações”. A administração também garantiu que vai enviar alimentos para as unidades de ensino afetadas para amenizar a escassez.