Notícias

Lençóis suspende vacinação infantil após parada cardíaca, mas Jean critica

Secretário do governo disse que decisão da prefeitura foi precipitada

Da Redação, com Bandnews FM 19/01/2022 • 23:51
Jean Gorinchteyn prometeu analisar caso
Jean Gorinchteyn prometeu analisar caso
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O Secretário Estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, considera “precipitada” a decisão da prefeitura de Lençóis Paulista de suspender de forma temporária a vacinação infantil na cidade por sete dias.

Segundo a administração municipal, a suspensão ocorreu porque uma criança de 10 anos teria sofrido uma parada cardíaca 12 horas após receber a dose pediátrica da vacina Pfizer.

A menina foi levada à rede particular, reanimada e, agora, tem quadro estável e está em observação em Botucatu, para onde foi transferida. 

Em entrevista à BandNews FM, Jean revelou que os centros de vigilância epidemiológica dos dois municípios acompanham o caso e, nesta quinta-feira (19), pela manhã, haverá uma reunião com a equipe médica local. 

"Precisamos entender qual o quadro clínico, qual a comorbidade que essa criança vinha apresentando, para saber se houve uma relação temporal com a vacina e não causal", concluiu Jean.