Primeiro Jornal

Advogada leva quatro tiros de cliente em Campos dos Goytacazes (RJ)

Imagens de câmera de segurança flagraram o momento em que a advogada é surpreendida por um homem armado no escritório em que trabalha

Mário Dias FerreiraPriscila Xavier 28/01/2022 • 06:00 - Atualizado em 28/01/2022 • 08:26

A advogada Nayara Prestes, de 27 anos, foi surpreendida pelo cliente Diego Dourado no escritório onde trabalha, em um shopping de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. 

Diego estava sendo cobrado por Nayara por uma dívida no valor de R$ 160 mil em honorários advocatícios e foi tirar satisfações. A mulher entrou em luta corporal com o homem e conseguiu desarmá-lo, mesmo levando quatro tiros, segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro. 

Imagens de câmera de segurança flagraram o momento em que ele aparece entrando no local e retirando a arma que estava escondida em uma espécie de bolsa. Logo depois, aponta o revólver para a vítima, que se levanta da cadeira e entra em luta corporal. 

De acordo com a PM, o homem tentou fugir após ser desarmado pela vítima, mas acabou sendo detido, ainda dentro do shopping, por militares do programa Segurança Presente. 

“Na hora que ele chegou ele falou “Vim revogar a procuração”, apontou a arma para mim e na mesma hora eu tentei segurar a arma e ele deu um tiro no meu dedo, que eu tive que reconstruir. Eu consegui tirar a arma da mão dele e joguei, eu poderia ter atirado nele, mas joguei a arma pela escada. O médico disse que eu não corro o risco de vida e vai ter que esperar a evolução para esperar se vai ter evolução ou não para abrir meu tórax e colocar um dreno”, contou Nayara.