Notícias

Terceiro suspeito de matar Dom Phillips e Bruno Pereira é preso no AM

Jeferson da Silva Lima, o 'Pelado da Dinha', se entregou na manhã deste sábado na delegacia de Atalaia do Norte

Da Redação 18/06/2022 • 10:44 - Atualizado em 18/06/2022 • 12:41

Jeferson da Silva Lima, também conhecido como “Pelado da Dinha", foi preso na manhã deste sábado (18) em Atalaia do Norte (AM). Ele é apontado pela Polícia Federal como suspeito de envolvimento nas mortes do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira, que desapareceram no dia 5. 

Lima se entregou à delegacia logo no início da manhã. O preso será interrogado e encaminhado para audiência de custódia. Seu mandado de prisão foi expedido pela Justiça Estadual de Atalaia do Norte. Segundo as investigações, ele teria colaborado com os irmãos Amarildo Oliveira da Costa, o “Pelado”, e Oseney da Costa de Oliveira, o “Dos Santos”. 

Dom Phillips e Bruno Pereira foram mortos após serem rendidos pelos assassinos. Os corpos foram esquartejados e queimados. Os restos mortais foram recolhidos e levados pela Polícia Federal para serem periciados pelo Instituto de Criminalística, em Brasília. 

Na sexta-feira, a Polícia Federal divulgou que o primeiro suspeito do crime, o pescador Amarildo Oliveira da Costa, o "Pelado", foi transferido para Manaus por medidas de segurança. Já o segundo suspeito pelo envolvimento no crime, Oseney da Costa de Oliveira, irmão de Amarildo, permanece em Atalaia do Norte.

Mais cedo, a PF havia dito que os assassinos de Dom Phillips e Bruno Araújo Pereira “agiram sozinhos, não havendo mandante nem organização criminosa por trás do delito". A Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari) rebateu a nota dizendo não concordar com o desfecho policial.