BandNews FM

Justiça mantém presa esposa de acusado no caso Marielle Franco

Elaine Lessa é acusada de tráfico internacional de armas

Rádio BandNews FM 28/07/2021 • 13:50 - Atualizado em 28/07/2021 • 14:05
O Superior Tribunal de Justiça mantém a prisão preventiva de Elaine Lessa, acusada de tráfico internacional de armas.
O Superior Tribunal de Justiça mantém a prisão preventiva de Elaine Lessa, acusada de tráfico internacional de armas.
Foto: Divulgação

O Superior Tribunal de Justiça mantém a prisão preventiva de Elaine Lessa, acusada de tráfico internacional de armas. Elaine é mulher do policial militar reformado Ronnie Lessa, preso e acusado de ser um dos assassinos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018.  

A defesa alegou que apenas Ronnie Lessa é o destinatário do material bélico, importado em 2017 e direcionado a uma academia da qual o casal era sócio. Os advogados defendem que a ordem de prisão se apoia em outro processo e em fatos antigos.

De acordo com o ministro Jorge Mussi, vice-presidente do STJ, não houve ilegalidade no processo, e é preciso esperar o julgamento de um habeas corpus solicitado na Justiça Federal no Rio.

A defesa de Elaine afirma que já está provado que ela não tem relação com a importação do material, o qual pode ser adquirido livremente, e acreditam que Elaine está presa apenas por ser esposa do acusado de matar Marielle Franco.

Histórico

Elaine Lessa foi presa dia 18 de julho, sete dias após de deixar a cadeia, no dia 11 de julho, condenada por destruição de provas. Ela, o marido e os amigos Márcio Montavano, Bruno Figueiredo e Josinaldo Freitas teriam organizado um plano para se livrar do arsenal que Ronnie tinha em casa. Entre as armas escondidas, a polícia acredita que poderia estar a arma usada para matar Marielle.

  • São Paulo
  • Brasil
  • Internacional