Notícias

Anvisa denuncia novas ameaças após aprovação da CoronaVac para crianças

Ameaças já foram encaminhadas à Polícia Federal e ao STF

da Redação com BandNews TV 24/01/2022 • 06:23 - Atualizado em 24/01/2022 • 06:32
Anvisa denuncia ameaças após aprovação da CoronaVac para crianças
Anvisa denuncia ameaças após aprovação da CoronaVac para crianças
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Diretores e servidores da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) voltaram a receber ameaças após a aprovação, na última quinta (20), do uso da vacina CoronaVac em crianças de 6 a 17 anos. Os e-mails com as ameaças já foram denunciados e encaminhados à Polícia Federal e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O órgão já havia recebido ameaças semelhantes depois que aprovou a aplicação do imunizante na Pfizer no público de 5 a 11 anos. Na ocasião, fez a denúncia e solicitou reforço na segurança dos profissionais e da sede da agência, o que ainda não aconteceu. 

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Gustavo Mendes, gerente-geral de medicamentos da Anvisa, disse que “só lamenta” os ataques

“Têm sido dias de muito desafio. O sentimento é de muita firmeza com a decisão que tomamos e com todas as decisões que temos tomado para as vacinas. Estamos cientes de que, para aprovar, usamos métodos científicos, métodos técnicos rigorosos, e que não há motivo para questionar ou duvidar da nossa integridade como servidores públicos. Os ataques que recebemos só lamentamos. Muitas vezes não compreendem o teor das nossas decisões”, declarou ao Manhã Bandeirantes.

Vídeo: Anvisa aprova CoronaVac para crianças