Notícias

Doria exalta legado de Bruno Covas: “Seu trabalho não será interrompido”

Governador de São Paulo falou à BandNews TV sobre a morte do prefeito da capital

Da Redação, com BandNews TV 16/05/2021 • 17:13

Em entrevista à BandNews TV neste domingo (16), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que ele e o prefeito em exercício Ricardo Nunes, que assume a prefeitura oficialmente nesta segunda-feira, têm o compromisso de dar sequência ao trabalho de Bruno Covas, prefeito licenciado que morreu de câncer pela manhã

“A pedido do Bruno, o Ricardo Nunes já fez várias reuniões conosco, fazendo parte inclusive da força-tarefa que combate festas clandestinas. Ricardo e toda a equipe do Bruno são integrados a ele. O Bruno sempre prezou que tudo continuasse, que nada fosse interrompido. O Bruno me disse isso na segunda passada, quando o visitei e circunstancialmente foi nossa despedida. Ele elogiou o Ricardo e pediu apoio”, revelou.

Doria disse sentir “orgulho” por ter sido o responsável pela chegada de Bruno Covas à prefeitura. “Foi meu vice, vencemos em primeiro turno e ele assumiu quando me licenciei para disputar o governo. Foi um excepcional prefeito, tanto que o voto popular o reelegeu”. 

O governador afirmou ainda que Covas deixa “um legado enorme” apesar da juventude (ele morreu aos 41 anos. “Bruno Covas é e sempre será esperança. Não deixa lacuna, mas deixa um legado de exemplo, esperança e transformação. Ele foi um homem digno e grandioso”. 

Doria ainda brincou com uma frase que Bruno Covas costumava dizer. “Ele realmente não nasceu da cegonha, e sim do tucano. Vem de toda uma família de políticos e exerceu a vida pública com muito amor. Fica o exemplo, a honestidade, a decência, o sorriso. Bruno vai sempre nos servir de guia”, concluiu.

  • joão doria
  • bruno covas