BandNews FM

Falta de medicação para doenças respiratórias prejudica pacientes de SP

Prefeitura diz que faltou matéria-prima para a fabricante

BandNewsFM 29/07/2021 • 20:35 - Atualizado em 29/07/2021 • 20:38
A Secretaria Municipal de Saúde informou que o fabricante do medicamento está com falta de matéria-prima para a produção
A Secretaria Municipal de Saúde informou que o fabricante do medicamento está com falta de matéria-prima para a produção
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Moradores da cidade de São Paulo estão enfrentando dificuldades para adquirir um remédio contra problemas respiratórios e que está em falta há pelo menos três meses nos postos da cidade.

Conhecido entre asmáticos e pessoas com doenças respiratórias, o Alenia traz conforto rápido para os pacientes.

Após três minutos de inalação, a medicação dilata os brônquios e facilita a respiração.

Esse remédio é essencial para o casal de aposentados Antônio Cavaleiro e a Ana Maria Fernandes.

Os dois tem DPOC, a doença pulmonar obstrutiva crônica, após anos do consumo de cigarro.

A ouvinte Cássia Regina explica que os pais precisam controlar o quadro persistente de bronquite e enfisema pulmonar, mas não conseguem encontrar a medicação nos postos da região de Pirituba, na zona norte de São Paulo: “desde junho não encontrarmos nas UBSs. O problema persiste desde o começo do ano".

O Alenia custa entre R$ 70 e R$ 100.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o fabricante do medicamento está com falta de matéria-prima para a produção, mas que o processo de compra já foi efetuado pela Prefeitura de São Paulo.

A entrega do remédio está prevista para o dia 13 de agosto.

  • Falta de medicamentos