BandNews FM

Número de trabalhadores com carteira assinada diminui quase 3 milhões em 8 anos

Em contrapartida, informalidade cresceu no Brasil no mesmo período

Rádio BandNews FM 20/05/2022 • 17:55 - Atualizado em 20/05/2022 • 19:39
Retomada da ocupação é decorrente de aumento da informalidade.
Retomada da ocupação é decorrente de aumento da informalidade.
Foto: Governo Federal

Nos últimos 8 anos, enquanto o número de profissionais com carteira assinada diminuiu quase três milhões (2,8 mi), o de trabalhadores por conta própria aumentou mais de seis milhões (6,3 mi), no Brasil.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, a retomada da ocupação no país, após os impactos da pandemia, aconteceu sobretudo por meio do trabalho informal. Para a economista do Dieese, Ana Georgina Dias, empreender foi a solução que muita gente encontrou para não ficar desempregada.

Ainda de acordo com o Dieese, o rendimento médio de quem passou a trabalhar por conta própria durante a pandemia é 30% menor (R$ 1.434) na comparação com quem já estava nessa condição há mais tempo (r$ 2.074).

Menos renda e mais dúvidas. Principalmente em relação a proteções como seguro desemprego e a futura aposentadoria. Três em cada quatro trabalhadores informais sequer se registraram como microempreendedor individual.