Masterchef

Diretora do MasterChef revela como escolheu participantes da 9ª temporada

Em entrevista ao Band.com, Marisa Mestiço, diretora do MasterChef Brasil, explica por que os cozinheiros de 2022 são tão especiais

Stefani Sousa 16/05/2022 • 11:37 - Atualizado em 16/05/2022 • 11:49
Da direita para a esquerda: Jacquin, Ana Paula, Helena, Fogaça e Marisa
Da direita para a esquerda: Jacquin, Ana Paula, Helena, Fogaça e Marisa
Melissa Haidar/Band

Escolher o que deseja fazer, caprichar nos preparos e adicionar amor no processo é o passo a passo para uma receita de sucesso na gastronomia ou na vida. O MasterChef Brasil volta à tela da Band na próxima terça-feira, 17, exaltando mais do que nunca a paixão. E se, na cozinha, os participantes precisam da emoção como ‘ingrediente especial’, nos bastidores, a diretora Marisa Mestiço comanda tudo com a energia de quem viu, nos últimos 8 anos, o programa transformar a relação dos brasileiros com a comida.  

Tamanha emoção e simbolismo, os episódios que estão por vir prometem mexer também com os sentimentos dos fãs. É que, desta vez, “o programa volta à sua melhor versão raiz” e promete estar ainda mais recheado do que nas edições anteriores, garante a diretora em entrevista ao Band.com

“A gastronomia brasileira vem abraçar tudo o que a gente fez durante esses anos no ar. Vamos mostrar amadores, então todo mundo que tem uma cozinha de casa vai se sentir muito representado com o regionalismo e vai curtir bastante”, explica.  

Proporcionando diferentes reações e entretendo enquanto ensina, a 9ª temporada chega como uma mensagem carinhosa de um amigo que você já conhece. É hora de se apegar, outra vez, a provas externas grandiosas e ingredientes inusitados. Mas, para a chefe, o que garante o “tômpero” dos próximos 17 episódios são os participantes.  

Ingrediente que faz toda a diferença

“Eles são a nossa paixão. O que compõem essa cozinha e deixa tudo tão mágico e emocionante são as pessoas. Temos representantes do Brasil inteiro, participante gringo, cozinheiro do Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sul e Sudeste”, conta. Já deu uma olhada na turma de competidores? Clique aqui para conferir

A garra e o desejo de transformação são o que diferenciam os novos cozinheiros. Segundo a diretora, uma equipe de produção fica responsável pelas inscrições e avaliou com seriedade cada candidato. 

“Os critérios são muitos, mas, basicamente, existe uma numeração que você precisa atingir nas partes de gastronomia. São várias etapas e, quando chegamos nesse grupo que entra na cozinha, estamos falando de milhares de pessoas que a gente teve que deixar para trás porque cabem poucos aqui.” 

Sonha em participar do MasterChef? 

Marisa faz uma importante observação para aqueles que ainda não foram escolhidos. “Temos no grupo um participante que já se inscreveu mais de 6 vezes. Então, se você [que lê a reportagem] ainda não foi selecionado, não desiste do seu sonho. Talvez, em algum momento, seja você mostrando a sua habilidade pra gente em uma próxima temporada”, aconselha.    

“Quem ainda não chegou na cozinha, não significa que não é bom, só que ainda não foi o seu momento. Tome coragem e tente de novo”, combinado?