Fórmula 1

Cúpula da Fórmula 1 deve debater ajuste de teto orçamentário

Categoria vê impacto de várias questões no orçamento e quer aumentar limite de gastos

Da redação 07/07/2022 • 10:45
Categoria vê impacto de várias questões no orçamento e quer aumentar limite de gastos
Categoria vê impacto de várias questões no orçamento e quer aumentar limite de gastos
Haas F1 Team/Divulgação

A cúpula da Fórmula 1 deve se reunir nesta sexta-feira (8) para discutir a possibilidade de um ajuste no teto orçamentário da categoria – atualmente em US$ 140 milhões (ou mais de R$ 750 milhões) por temporada.

O tema vem sendo alvo de debates recentes na F1, especialmente após a invasão da Rússia ao território da Ucrânia. O conflito teria impactado o orçamento da categoria em quesitos como energia e logística.

Os custos decorrentes da adoção do novo regulamento aerodinâmico também pesam, já que as equipes reclamam dos investimentos necessários para resolver a questão do porpoising nos carros.

“Estou certo de que vamos achar um acordo que funcione para todos nós. Estou confiante de que encontraremos uma solução”, afirmou Jost Capito, chefe de equipe da Williams, segundo o site Pitpass.

“Eles (FIA) prometeram obviamente voltar com uma proposta, então vamos ouvir com interesse o que será colocado”, concordou Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull.

Apesar da promessa de discussão na Áustria, a agência Reuters acredita que “um acordo pode ainda estar a algumas semanas de distância”.