Fórmula 1

Vettel celebra oitavo lugar e primeiros pontos, em Imola: "É como uma vitória"

Alemão largou em 13º, mas se beneficiou de abandonos e estratégia de parada nos boxes para conquistar primeiros pontos da Aston Martin em 2022

Estagiário da F1 26/04/2022 • 12:28 - Atualizado em 26/04/2022 • 12:40
Sebastian Vettel no GP da Emilia-Romagna
Sebastian Vettel no GP da Emilia-Romagna
Aston Martin

Após ficar fora de duas corridas e praticamente não ter tempo de pista no GP da Austrália, Sebastian Vettel terminou o GP da Emilia-Romagna na oitava colocação e conquistou os primeiros pontos da Aston Martin na temporada 2022 de F1. Para o tetracampeão, o resultado teve gosto de vitória. 

“É como uma vitória. Temos que ser honestos, não somos os mais velozes no momento. Acho que estamos do outro lado do grid. Mas hoje fomos bem. O clima nos ajudou, mas soubemos capitalizar”, celebra. 

O alemão largou em 13º, mas se beneficiou dos abandonos à frente e do fato de ter sido um dos primeiros a trocar os pneus intermediários pelos de pista seca. 

“Também fizemos um bom trabalho em trocar os pneus para os de pista seca, o que fez todo mundo fazer igual. Então fiquei feliz de entrar antes de todo mundo. Foi muito bom”, explica o tetracampeão. 

Na parte final da corrida, Vettel ainda se viu diante de um duelo com o ex-companheiro de Ferrari, Charles Leclerc, que havia rodado, parado nos boxes e perdido diversas posições. 

“Obviamente que não deu para segurar o Charles no fim, ele é tipo quatro ou três segundos mais rápido. Se você me falasse que eu estaria batalhando com uma Ferrari com quatro voltas para o fim da corrida, eu não teria acreditado. Ainda é um oitavo lugar, então não é tão legal quanto vencer. Mas eu já subi ao pódio em corridas que me saí pior, então estou muito feliz”, afirma.

Além de Vettel, Lance Stroll também fez uma corrida sólida e, após largar em 14º, cruzou a linha de chegada na 10ª colocação, conquistando um ponto.