Band Rio

Órgãos Públicos sentem impacto de profissionais positivados para Covid-19

Defensoria Pública e Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro já reduziram quadro de funcionários

Beatriz Duncan 12/01/2022 • 19:50
Rio bate recorde de casos em 2022, superando marcas de toda pandemia no estado
Rio bate recorde de casos em 2022, superando marcas de toda pandemia no estado
Reprodução

Com mais de 12 mil casos de Covid-19 nas últimas 24 horas em todo o estado, empresas e órgãos públicos já começam a sentir o impacto de funcionários positivados. A Defensoria Pública do Rio de Janeiro registra atualmente 147 casos, uma taxa 3.575% maior do que no mês de dezembro. Por isso, trabalha com uma redução da capacidade em 30% no Central de Relacionamento com o Cidadão.

O mesmo acontece em agências bancárias e dos correios. A equipe Band Rio esteve em alguns desses locais e encontrou portas fechadas. O Tribunal de Justiça do Rio reduziu pela metade o número de servidores em trabalho presencial para prevenir o aumento de infecções do coronavírus.

Na Polícia Civil, 111 servidores foram afastados no início de janeiro. 104 estão positivados e outros sete com casos suspeitos. A Guarda Municipal tem 73 agentes infectados. Na Polícia Militar, 110 policiais afastados por Covid-19 e outros 73 com sintomas de síndrome gripal.

Para ajudar na testagem em massa, que está em alta procura no município, cerca de três mil testes vão ser disponibilizados diariamente. Atualmente, a taxa de ocupação de enfermaria Covid está em 8%. 10,4% dos leitos de UTI estão ocupados no estado. Sete óbitos foram confirmados.

Em nota, "A DPRJ esclarece que os canais de atendimento continuam ativos, mas pede compreensão e paciência da população que conta com os serviços da Defensoria durante esse período. Além do número 129, o atendimento é feito também pelo site e pelo aplicativo de celular DefensoriaRJ, disponível para IOS e Android."