Band Rio

Quadrilha que roubava benefícios sociais é alvo de operação em Casimiro de Abreu

O grupo teria causado um prejuízo de R$ 200 mil aos cofres públicos

Pedro Cardoni* 28/06/2022 • 12:21
Os agentes cumpriram três mandados de prisão e cinco de busca e apreensão
Os agentes cumpriram três mandados de prisão e cinco de busca e apreensão
Divulgação/Polícia Civil

Três homens foram presos por fazer parte de uma quadrilha especializada no roubo de cartões de benefícios sociais em Casimiro de Abreu, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (28). O prejuízo causado pelos criminosos aos cofres públicos foi de mais de R$ 200 mil.

A investigação teve início depois que o grupo furtou 167 cartões e senhas do programa estadual de benefício Supera Rio. O furto aconteceu em uma agência do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) de Casimiro de Abreu, no último sábado (25).

O veículo utilizado pelos criminosos no furto foi identificado e os agentes descobriram que o grupo fazia parte de uma quadrilha focada no furto de cartões de benefício social. Os criminosos já teriam agido em Iguaba Grande, na Região dos Lagos, e em outras cidades do estado do Rio de Janeiro.

Investigadores também apuraram que comerciantes participavam dos crimes pela compra dos cartões roubados. Esses compradores ganhavam cerca de 20% do valor dos cartões.

“Eles tinham comerciantes já pré-fixados que descarregavam esse cartão. Os comerciantes sabiam da atividade ilícita”, Roberto Ramos, delegado responsável pelo caso.

Na ação já foram apreendidos drogas e simulacros de armas de grosso calibre. Os agentes cumprem buscas em Turiaçu, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

*Estagiário sob supervisão de Natashi Franco