Fórmula 1

Hamilton agradece Mercedes e vê pódio no GP da Inglaterra como "bônus"

Heptacampeão ainda quebrou recorde, conquistando pódio em Silverstone pela 13ª vez

Da redação 03/07/2022 • 15:23
Heptacampeão ainda quebrou recorde, conquistando pódio em Silverstone pela 13ª vez
Heptacampeão ainda quebrou recorde, conquistando pódio em Silverstone pela 13ª vez
F1

A vitória não veio, mas Lewis Hamilton se mostrou satisfeito com o terceiro lugar no Grande Prêmio da Inglaterra deste domingo (3).

O heptacampeão chegou a liderar a corrida, mas não foi páreo para os carros de Ferrari e Red Bull. No fim, Carlos Sainz (Ferrari) venceu, com Sergio Pérez (Red Bull) em segundo lugar. Charles Leclerc (Ferrari), que liderou nas voltas finais, terminou em quarto.

“Eu dei meu melhor hoje. Tentei perseguir as Ferrari, mas parabéns a Carlos. Eles simplesmente eram mais rápidos que nós hoje”, disse Hamilton após a prova.

“Sou muito grato pelo trabalho duro que a equipe fez para conseguirmos uma atualização do carro aqui. Estamos um passo mais perto deles (Ferrari e Red Bull), então temos que continuar buscando”, acrescentou.

Com o resultado, Hamilton chegou a duas marcas negativas inéditas na carreira: além de atingir 11 corridas consecutivas sem vencer pela primeira vez, é também a primeira vez que não vence uma das 10 primeiras corridas da temporada.

Ao mesmo tempo, foi o 13º pódio do heptacampeão em Silverstone, o que o isola como o piloto que tem mais pódios em uma mesma pista na história da F1. Por isso, para ele, o resultado não foi dois piores.

“Nós tínhamos ritmo com os dois jogos de pneus. No final (com Hamilton em terceiro e Pérez em quarto), uma vez que você tem uma Red Bull atrás de você... Eles são muito rápidos em reta, nós temos algumas melhorias a fazer”, disse. “Mas estar no pódio é um grande bônus para nós.”