Fórmula 1

Sainz é o segundo que mais demorou para conquistar pole e vitória na Fórmula 1

Apenas Sergio Pérez tem estatísticas piores que as do espanhol da Ferrari nos quesitos

Da redação 04/07/2022 • 08:05
Carlos Sainz (Ferrari) vence GP da Inglaterra 2022
Carlos Sainz (Ferrari) vence GP da Inglaterra 2022
Scuderia Ferrari

A vitória no Grande Prêmio da Inglaterra deste domingo (3) foi a primeira na carreira de Carlos Sainz na Fórmula 1. E além dos motivos óbvios para comemorar, o espanhol da Ferrari ainda teve a chance de fugir de posições em listas nada agradáveis.

A participação deste final de semana foi a de número 150 para Sainz em 151 corridas na Fórmula 1 – ele ficou fora do GP da Bélgica de 2020. Com a vitória, protagonizou a segunda vez consecutiva em que um piloto vence seu 150º GP, seguindo a vitória de Max Verstappen no Canadá.

Mas as estatísticas começavam a pressionar Sainz. Com a primeira vitória na 150ª corrida como titular, Sainz é o segundo piloto da história que precisou de mais corridas até vencer. O primeiro lugar é de Sergio Pérez, que precisou de 190 provas até vencer o GP do Sakhir de 2020, quando era piloto da Racing Point.

“Acho que uma primeira vitória é sempre um alívio, não vou mentir”, reconheceu Sainz neste domingo. “A vitória não deixa de ser um de alívio. Aí está, você tem uma vitória na Fórmula 1. E com certeza vou continuar lutando por mais”, comemorou.

Confira os cinco que mais demoraram para vencer:

  1. Sergio Pérez: 190 corridas (Sakhir, 2020)
  2. Carlos Sainz: 150 corridas (Inglaterra, 2022)
  3. Mark Webber: 130 corridas (Alemanha, 2009)
  4. Rubens Barrichello: 123 corridas (Alemanha, 2000)
  5. Jarno Trulli: 119 corridas (Mônaco, 2004)

No sábado (2), Sainz conquistou ainda sua primeira pole position, e mais uma vez encerrou um longo tabu. O espanhol é o segundo colocado na lista de pilotos que mais precisaram de GPs para conquistar pela primeira vez o primeiro lugar no grid. Curiosamente, o topo da lista é novamente de Pérez, que precisou de 216 participações até a pole no GP da Arábia Saudita de 2022.

Confira a lista:

  1. Sergio Pérez: 216 (Arábia Saudita, 2022)
  2. Carlos Sainz: 150 (Inglaterra, 2022)
  3. Mark Webber: 131 (Alemanha, 2009)
  4. Jarno Trulli: 119 (Mônaco, 2004)
  5. Thierry Boutsen: 115 (Hungria, 1990)

Na Ferrari, o fim da espera foi motivo de comemoração. “Carlos teve um ótimo final de semana, no qual ele também assegurou sua primeira pole position. Ele foi forte e consistente, e a vitória foi muito merecida”, elogiou o chefe de equipe Mattia Binotto.

Nem tudo, no entanto, era pressão. A vitória ainda isolou a Ferrari como a maior vencedora da história do GP da Inglaterra – são 17 vitórias, contra 14 da McLaren e 10 da Williams. Além disso, tornou-se o segundo espanhol da história a vencer na Fórmula 1, ao lado de Fernando Alonso.