Notícias

Líder da banda Pussy Riot foge da Rússia disfarçada de entregadora de comida

Artista e ativista Maria Alyokhina cumpria prisão domiciliar e conseguiu despistar os policiais

da Redação com Jornal da Noite 12/05/2022 • 07:52 - Atualizado em 12/05/2022 • 12:27

Maria Alyokhina, líder da banda de punk rock russa Pussy Riot, fugiu da Rússia disfarçada de entregadora de comida. Ela cumpria prisão domiciliar e conseguiu despistar os policiais que vigiavam o prédio em que estava hospedada. 

A artista contou que se disfarçou, deixou o celular em casa para não ser rastreada e escapou pela fronteira de Belarus, passando depois para a Lituânia. Agora está em Berlim, na Alemanha, onde trabalha em novas músicas sobre a guerra contra a Ucrânia.

O grupo ativista Pussy Riot ganhou fama mundial pelas críticas frequentes ao governo de Vladimir Putin. Maria Alyokhina chegou a ser condenada a dois anos de prisão em 2012 por protestar contra o presidente dentro da Catedral de Cristo Salvador, em Moscou.