Mitre: As novidades do jornalismo da Band na cobertura das eleições municipais

Fernando Mitre

Começou a carreira em Minas Gerais, onde passou por vários jornais, como “Correio de Minas” e “Diário de Minas”. Em São Paulo, integrou a equipe que criou o Jornal da Tarde, de o “Estado de S Paulo”. Dez anos depois, virou diretor de redação, posto que ocupou mais tarde, em duas outras oportunidades. Depois, assumiu a direção nacional de Jornalismo da Rede Bandeirantes, cargo que ocupa até hoje. Nesse período, produziu mais de 30 debates eleitorais, entre eles o primeiro presidencial da história do país na TV, em 89. É comentarista político no Jornal da Noite e entrevistador do programa político Canal Livre. Entre os diversos prêmios que recebeu, estão o Grande Prêmio da APCA, o Grande Prêmio do Clube de Criação de SP e três prêmios Comunique-se de “melhor diretor do ano”, valendo o título de “Mestre em Jornalismo”.

Depois da primeira reunião com representantes dos partidos em SP - seguida por outras em várias regiões - o jornalismo da Band vai fechando seu projeto de cobertura de eleições deste ano, com novidades e diversos saltos de qualidade, como foi apresentado no encontro com as emissoras do grupo nesta quinta-feira. 

Nos próximos dias, grande parte da agenda de cobertura - incluindo a tradição dos primeiros debates previstos já anunciados - será divulgada em novas reuniões com os partidos. 

Uma das principais novidades é a presença intensa das análises e acompanhamento do núcleo Cidades Excelentes da Band, que premia as melhores gestões municipais pelo Brasil. 

Levantar e discutir os problemas e soluções da vida nas grandes cidades será o ponto fundamental da nossa cobertura. Conjugando aí os quadros políticos locais e suas relações - e também suas contradições, claro, com o óbvio alcance nacional dessas eleições municipais, já na esteira de 2026.